Como ter ideias para criar apresentações?

photo-1517333971889-7f4416ed5062.jpeg

Você já deve ter percebido que ideias geniais nem sempre surgem do dia para a noite, não é mesmo?! Mas muitos de nós precisamos buscar constantemente soluções criativas para trabalhar e montar apresentações inspiradoras. O problema é quando o pensamento empaca e a inspiração foge. Se esse é o seu caso, pode ficar tranquilo, pois criatividade é questão de treino.

Tudo o que você precisa é de dedicação, disciplina e referências para ter boas sacadas. Costumo dizer que encontrar boas referências e saber como desdobrá-las na construção do discurso para uma apresentação é metade do caminho percorrido, a partir daí tudo fica mais fácil.

Um acontecimento da sua vida, um lugar que você visitou, livros que leu, os podcasts que escuta diariamente… absolutamente tudo pode virar história para sua apresentação, desde que você saiba como fazer a conexão com a mensagem que precisa ser passada.

Mas como estar atento às referências? Algumas dicas simples aumentam a sua  

capacidade de encontrar soluções e ideias inusitadas para desenvolver apresentações (ou qualquer outro âmbito da sua vida), confira quais são elas.

photo-1516382799247-87df95d790b7.jpeg

1.  Fuja das perguntas simplistas

Experimente diferentes pontos de vista. Exemplo: se você quer montar uma apresentação mais eficiente, em vez de se perguntar apenas: “Como faço para criar uma apresentação mais eficiente?”, tente questionar: “O que as pessoas gostariam de saber sobre esse assunto?” ou “Quais são os maiores receios das pessoas em relação ao assunto abordado e como posso resolvê-los?”, entre outras questões que podem expandir seu olhar.

2. Torne-se um especialista


Pesquisas mostram que para se tornar um expert em alguma coisa, é preciso praticá-la por dez mil horas –  ou seja, só uma vez ou outra, não funciona. Apenas o conhecimento exaustivo de um assunto pode gerar algo novo em torno dele. Sendo assim, se você deseja montar uma apresentação criativa, domine o assunto que será abordado e experimente sempre.

Faça testes com novos layouts, use fotos e fontes diferentes, coloque mais ou menos texto, insira vídeos e infográficos… até chegar à solução ideal.

3. Esteja sempre atento

Prestar atenção ao que acontece ao redor e fazer conexões com outros temas e possibilidades é fundamental para treinar a criatividade. Não se atenha apenas àquilo que apresenta uma finalidade clara imediata, mas mantenha-se disponível para encontros, leituras e experiências despretensiosamente.

Outra dica é não parar em definições estereotipadas sobre pessoas, produtos ou histórias. Em vez de acreditar no que contam para você, busque informações mais aprofundadas sobre o tema. Esse exercício o mantém fora do piloto automático, além de ajudar a manter sua apresentação fora do “comum”.

4. Seja imaginativo

Quando você se permite pensar em coisas que não existem, sua mente pode vagar e seu subconsciente tem tempo para trabalhar. Por isso, é tão importante o tempo fora do trabalho (o famoso ócio criativo) para potencializar sua criatividade.

Por exemplo, faça o exercício de imaginar como o assunto da sua apresentação irá se desenvolver para daqui a cinco anos, dessa forma você poderá ter algumas excelentes ideias.

Começar a praticar algo novo também apura sua imaginação. Que tal aprender um novo esporte ou uma nova língua?

5. Faça relações entre ideias

Junte palavras ou temas de origens diversas em histórias improvisadas. Se aprofunde para entender como assuntos diferentes se interligam e se completam. Pesquise, leia e converse com outras pessoas para clarear as conexões entre diferentes ideias.

O objetivo aqui é trazer abordagens novas e mais complexas para sua apresentação. Lembre-se: peças que não se encaixavam podem ser a chave do quebra-cabeça.

6. Tenha mentores

Não existem gênios solitários. O que isso quer dizer? Simples, que a criação coletiva é mais efetiva e também a solução para mover o mundo. Por isso, cultive uma panelinha sincera e talentosa, para consultar e dar palpites.

Outra dica é seguir nas redes sociais pessoas criativas, de diversas áreas, que possam te inspirar diariamente.

7. Aprenda com seus erros

Esse é um clichê verdadeiro! Quando você busca criar algo novo e inspirador, eventuais erros podem acontecer. Não desanime e aprenda com eles. Enxergue cada nova apresentação como uma chance para se aprimorar.

Essas são algumas formas de manter a mente criativa e aberta para novas ideias. De maneira geral, livros, músicas, conversas, museus, filmes e lugares novos podem fornecer histórias e servir de insights para o seu trabalho.

Se você gostou das dicas e quer se aprofundar mais no assunto, fale com a Salamarela e construa apresentações extraordinárias.

Abraços,

Por Nelise Cardoso
Fundadora da Salamarela, publicitária e professora dos cursos de apresentações: I love PPT, PPTop e Eco. Acredita que se compartilharmos o nosso conhecimentos podemos gerar grandes resultados.