MINECRAFT, GAMES E O MUNDO
DAS APRESENTAÇÕES.


Se você tem filho, sobrinho ou afilhado, você já ouviu falar em Minecraft. O game virou febre no mundo todo, já vendeu mais de 60 milhões de cópias e está disponível em diversas plataformas (Windows, Mac, Linux, Xbox 360, Xbox One, PlayStation 3, PlayStation 4, iOS e Android). Somente no Youtube, há mais de 40 milhões de vídeos sobre o tema.

Preste Atenção!

A grande sacada do Minecraft é que ele transforma crianças (e por que não adultos?) em pequenos designers. É isso mesmo! O game permite a criação de cenários e objetos a partir de formas geométricas (quadrados e retângulos). O jogo foi criado pelo sueco Markus Persson, conhecido como Notch. Ele criou seu primeiro game aos oito anos de idade. Trabalhou na King, criadora do Candy Crush e, em 2009, fundou a Monjang. O Minecraft chamou tanto a atenção que foi adquirido pela Microsoft.

Não é brincadeira, não!

E por que tanta euforia? O jornalista André Forastieri, em entrevista ao jornal Gazeta do Povo, soube explicar isso como ninguém. " É um jogo que, genialmente, transforma a sua simplicidade em poder para o usuário”.

Para a designer de jogos Jane McGonigal, é mais do que isso. Os games tornam possível trabalhar questões como inovação, resiliência e superação, além de criatividade e cooperação. “Pois isto mostra que gastando todo esse tempo jogando, estamos na verdade mudando o que nós somos capazes como seres humanos. Estamos evoluindo em direção de uma espécie mais colaboradora e amigável. Isto é verdade. Eu acredito nisto”, explicou em um dos TEDs mais visto da história.

Se você torce o nariz para esse universo, pense um pouco mais. Os games podem servir, ainda, de inspiração para a sua próxima apresentação. “O Minecraft tem no Design o seu core. É um Lego Digital cujo limite é a imaginação. É claro que isso pode ser levado para o Powerpoint. Pode-se usar figuras geométricas para criar hierarquia, por exemplo. Abusando um pouco mais da criatividade, que tal transformar aquele organograma tradicional em um jogo de pebolim?”, desafia Nelise.

E então? Topa essa partida?


Acompanhe as histórias e dicas da Salamarela, duas vezes por semana, no blog Boas Novas. Se preferir, receba nosso conteúdo no seu email. Tem dúvida? Precisa de ajuda? Escreva para a gente!